terça-feira, 31 de março de 2015

Escolha certa: Refrigerante ou Suco industrializado?


Muitas pessoas acreditam que substituir o refrigerante pelos sucos industrializados estão fazendo uma boa troca, adotando uma vida mais saudável, o que não é verdade. “Existem diferentes tipos de sucos industrializados, mas a grande maioria é prejudicial, já que apresenta excesso de açúcar, conservantes químicos, aromas e corantes artificiais. Além disso, sucos industrializados comuns reduzem ou anulam as propriedades da fruta” 

Os refrigerantes podem ser ainda piores, “Excesso de açúcar, no caso dos refrigerantes tradicionais, excesso de sódio nas opções light e zero, presença de cafeína, corantes artificiais, conservantes químicos, alta concentração de ácido fosfórico, valor nutricional praticamente nulo e excesso de gás são os principais malefícios do refrigerante”.





Suco industrializado


Excesso de açúcar: Aumenta o risco da obesidade e diabetes tipo 2
Presença de conservantes químicos: Possuem efeito acumulativo no organismo e sobrecarregam fígado e pâncreas

Presença de aromas artificiais: Grande quantidade de elementos alergênicos, podendo causar irritação e erupção cutânea

Corantes artificiais: São substancias sintéticas, utilizadas para deixar a cor do suco mais vistosa e atraente para os consumidores, porém são substancias alergênicas e possuem efeito acumulativo no organismo

Reduz ou anula qualquer propriedade das frutas: Redução significativa do valor nutricional da bebida

Refrigerante


Excesso de sódio (versões light e zero): Prejudica muito a capacidade de retenção de líquidos pelo organismo, sendo geralmente utilizados adoçantes dietéticos artificiais

Excesso de açúcar (versões comuns): Aumenta o risco de obesidade e diabetes tipo 2, devido ao alto teor de açúcar e sobrecarga no fígado, gerando acúmulo de gorduras no organismo

Presença de cafeína: Prejudicial para pessoas com pressão alta e doenças do coração

Corantes artificiais e conservantes químicos: São substancias alergênicas que causam efeito acumulativo no organismo, sobrecarregando fígado e pâncreas

Rico em ácido fosfórico: Substância que enfraquece ossos e dentes e carrega o cálcio para o intestino

Excesso de gás: Compromete o sistema gástrico, dificulta a digestão e provoca a sensação de empachamento e inchaço do abdômen, além de gases

Excesso de ácido: Quando consumido em excesso, provoca irritações das mucosas do estômago, podendo causar feridas nas paredes estomacais.

Qual dos dois escolher? Escolha a ÁGUA ou SUCOS NATURAIS!